QRPlus

5 fatos curiosos sobre o QR Code

Por estar presente na maior parte dos serviços e ações cotidianas, o uso do QR Code já é parte da rotina de muitas pessoas, que podem utilizar esta tecnologia para os mais diversos fins. Esta maior aproximação das pessoas para com este recurso, faz com que se aumente o interesse pela ferramenta e se busque descobrir as curiosidades sobre o QR Code.

O QR Code é utilizado de muitas formas e ele oferece diversos benefícios e vantagens, por isso, muitas pessoas têm interesse a respeito das curiosidades sobre o QR Code. Isso significa que estas pessoas desejam saber algumas informações desconhecidas sobre estes códigos visuais.

Para saciar este desejo, confira a seguir algumas das principais curiosidades sobre o QR Code, e conheça ainda melhor este recurso que já faz parte de seu dia a dia:

1. O QR Code é um tipo de código de barras
Uma das principais curiosidades sobre o QR Code, e que algumas pessoas podem ainda não conhecer é o fato de que este código visual é, também, um tipo de código de barras. Entretanto, o QR Code é um código de barras bidimensional, o que permite que as informações sejam mantidas em dados horizontais e verticais, diferente dos tradicionais códigos de barras, que possuem apenas a leitura horizontal.

Esta diferença no modo como as informações são dispostas em um QR Code faz com que a sua leitura seja muito facilitada, o que permite, por exemplo, que você possa ler estes códigos com o seu smartphone.

Outro ponto que diferencia o QR Code dos códigos de barras tradicionais é a capacidade de informações que podem ser armazenadas nestes dois tipos de códigos diferentes. Enquanto um código de barra tradicional permite que se tenha apenas 20 dígitos registrados, o QR Code conta com uma capacidade máxima de até 7089 caracteres.

2. É possível fazer a leitura de QR Code danificados
Outra das curiosidades sobre o QR Code que pode tornar o seu uso ainda mais facilitado, é o fato de que você pode conseguir fazer a leitura destes códigos mesmo que apresentem algum tipo de dano, como rasgos ou partes apagadas, por exemplo. Especialmente no uso de QR Code em materiais físicos e de publicidade, isso é algo que pode gerar muitos benefícios.

Isso é possível por conta da capacidade de correção que os QR Code apresentam. Conforme o tipo de QR Code gerado, maior será a sua taxa de correção, o que significa que os leitores de QR Code poderão fazer a sua decodificação mesmo que existam maiores danos.

Assim, cada tipo de QR Code pode apresentar uma taxa de correção, a qual pode variar entre as seguintes:

3. A empresa criadora do QR Code disponibilizou sua licença gratuitamente
O que algumas pessoas podem saber, e que não chega a ser uma das curiosidades sobre o QR Code, é que o QR Code foi criado pela empresa automotiva Denso Wave, na tentativa de tornar a atualização e conferência de seu estoque de peças mais rápidos e fáceis de serem feitos. Mais especificamente, foi Masahiro Hara, funcionário da Denso Wave, o responsável pelo primeiro QR Code da história.

Porém, uma das curiosidades sobre o QR Code que é menos conhecida é o fato de que a empresa disponibilizou gratuitamente todo o licenciamento destes códigos visuais, bem como as suas especificações de criação. Apenas por conta disso é que hoje o QR Code pode ser utilizado livremente por pessoas e empresas de todo o mundo, sem que seja preciso pagar taxa alguma sobre seu uso.

4. Quase duas décadas até se tornar uma ferramenta mais popular
Uma das curiosidades sobre o QR Code é que, assim como qualquer novidade, especialmente no setor da tecnologia, o QR Code também levou alguns anos até começar a ser mais utilizado. A criação destes códigos visuais aconteceu em 1994, mas o primeiro uso mais abrangente foi apenas em 2003, quando os códigos começaram a aparecer em aparelhos celulares e alguns recursos implementados pelas empresas de telefonia móvel.

Mas foi apenas em 2011, quase duas décadas após a sua criação, que o QR Code chegou, de fato, ao público de forma mais cotidiana. Isso porque foi neste ano que algumas das maiores empresas varejistas dos Estados Unidos começaram a utilizar estes códigos para levar as pessoas até suas páginas na internet.

5. Existem 40 tipos de QR Code
Para complementar as curiosidades sobre o QR Code, é preciso que seja citado, também, o elevado número de tipos de QR Code que existem atualmente. São 40 modelos diferentes de QR Code que podem ser utilizados para as mais diferentes finalidades.

Obviamente, estes diferentes tipos de QR Code não apresentam mudanças significativas em seu design, que segue sempre como a figura quadrada, composta de pixels brancos e pretos. Entretanto, a diferença está no tamanho destes códigos, bem como no número de pixels utilizados em sua composição.

Entre os 40 tipos de QR Code disponíveis atualmente, a variação pode ser de 21×21 pixels, até 177×177 pixels em um mesmo código.

Para saber ainda mais curiosidades sobre o QR Code e muitos outros temas relacionados a esta tecnologia, siga a QR Plus no Instagram e acompanhe as nossas publicações!